Sem categoriaCobrança amigável: alinhando as expectativas entre credor e devedor

26/10/2020Por Roberta0
https://cbmax.com.br/wp-content/uploads/2020/07/banner-cbmax-1-1280x853.jpg

Fidelizar o cliente e recuperar o crédito são dois grandes desafios em qualquer negócio. Alinhar referidos pontos exigem uma estratégia interdisciplinar das empresas, envolvendo desde o Marketing, passando por uma minuciosa análise de crédito – visando a evitar a inadimplência e, por fim, caso haja necessidade, pelo setor de recuperação que deverá sempre priorizar a cobrança amigável.

Atualmente, o Brasil conta com mais de 62 milhões de inadimplentes e, no início de 2019, segundo o IBGE, 65,7 milhões de pessoas estavam fora da força de trabalho. Destaca-se, portanto, a importância da cobrança amigável, já que, por meio de uma breve analogia podemos concluir que a inadimplência ocorre por cenários imprevisíveis e, ainda que haja uma parcela de devedores recorrentes – essa é uma parte muito pequena e facilmente identificável.

A cobrança amigável deve considerar o atendimento humanizado, entendendo as necessidades e possibilidades do devedor que, apesar de possuir interesse em sanar suas dívidas, muitas vezes é capaz de arcar com as negociações ofertadas. Em paralelo, o credor precisa investir em inovação e preparo de sua equipe para garantir a cobrança amigável recupere o crédito e mantenha o cliente fiel a sua marca.

Envio de e-mail, SMS e até mesmo WhatsApp são formas de cobrança amigável e aceitas pelo devedor, já que não precisam parar o que estão fazendo para atender uma ligação por exemplo, não havendo quaisquer exposições. Neste cenário, a CBMax, utiliza soluções inovadoras para localização, através de robôs que possibilitam que seus clientes identifiquem telefones que possuem WhatsApp vinculado, aumentando em até 50% os índices de localização (CPC – Contato com a Pessoa Certa), sem contar a satisfação do cliente em receber um contato amigável e assertivo.

Além do WhatsApp, as tecnologias da CBMax possibilitam acesso real-time as fontes de fé-pública que possibilitarão uma análise do perfil do cliente, sendo possível identificar Situação Profissional Online, Seguro Desemprego, Bolsa Família e até mesmo a certificação de que tal cliente possui conta(s) no FGTS – possibilitando a criação de diversas estratégias para uma cobrança amigável, de acordo com cada perfil.

A cobrança amigável deve ser cobrança personalizada, humanizada, interpretando cada perfil, fazendo com que o então devedor sinta preferência por realizar novos negócios onde foi tratado com cordialidade em período de dificuldade, ficando claro o alinhamento das expectativas entre credor e devedor.

Roberta

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Apolo Sites © 2021 | Todos os direitos reservados.